eventos

Waldemar Cordeiro: Fantasia Exata

Contra o Naturalismo Fisiológico OP, 1965, de Waldemar (Foto: Edouard Fraipont/Itaú Cultural)

A retrospectiva Waldemar Cordeiro: Fantasia Exata traz ao Itaú Cultural, de 4 de julho a 22 de setembro, o percurso de um dos mentores teóricos do concretismo paulista, inovador no paisagismo e pioneiro da arte eletrônica tanto nacional quanto internacional.

>>Visitas educativas – Waldemar Cordeiro

A exposição reúne um panorama extenso da trajetória do artista. São obras de artes visuais, textos críticos e políticos, estudos e desenhos. Parte desse material é inédita. Haverá também a reprodução de duas obras de sua autoria: Beabá – criador eletrônico de palavras – e um projeto paisagístico, este no Parque Ibirapuera.

Outro atrativo é a mostra virtual. Em computadores separados tematicamente, o visitante acessa reproduções em 3D de projetos do artista: o jardim do Clube Esperia e outras obras visuais – algumas presentes na exposição física, outras exclusivas para esta mídia. Esses conteúdos estão também on-line.

A curadoria é de Fernando Cocchiarale e Arlindo Machado. A reconstituição e adaptação do projeto no Ibirapuera é de André Wainer.

Vanguarda

Waldemar Cordeiro (1925-1973) nasceu em Roma, na Itália, onde iniciou a carreira artística (trabalhou, por exemplo, com o cineasta Federico Fellini). Veio para o Brasil na década de 1940 e aqui trabalhou como jornalista, ilustrador e muralista. Na década de 1950, com o grupo Ruptura – expoente do concretismo brasileiro – aplicou conceitos científicos nas artes visuais, explorando o modo como vemos as coisas e como o cérebro processa o que vemos. Também produziu projetos paisagísticos.

Com os chamados popconcretos, avançou seu trabalho artístico no sentido do pop, da política e do humor, e com a arte concreta semântica desenvolveu trabalhos menos abstratos. A partir de 1968, começou a lidar com computadores. De acordo com a Enciclopédia Itaú Cultural de Arte e Tecnologia, ele “talvez seja o nome mais importante das artes eletrônicas no Brasil pelo papel histórico estratégico que desempenhou”. Waldemar investigou na arteônica – como chamava – seu potencial não só visual, mas de democratização do acesso à arte.

Waldemar Cordeiro: Fantasia Exata
quinta 4 de julho a domingo 22 de setembro 2013
terça a sexta das 9h às 20h [permanência até às 20h30]
sábado, domingo e feriado das 11h às 20h
Pisos 1, térreo, -1 e -2

Entrada franca
[livre para todos os públicos] L